Nutrição Natural

Ao consumir alimentos frescos, garantimos a ingestão de nutrientes estimulantes da juventude, que se perdem aos poucos no processo de armazenagem, industrialização e cozimento. Dessa forma, reduzimos também o contato de nosso organismo com as substâncias artificiais que dão sabor, textura, cor e durabilidade aos alimentos prontos.

Combinações de Cores

Quanto mais colorido o prato, maior sua variedade de fitoquímicos. Alimentos verde-escuros, amarelos e vermelhos contêm carotenoides, substâncias antioxidantes que aumentam a imunidade e protegem contra doenças do coração, câncer danos ao DNA e problemas de visão relacionados à idade. Coma brócolis, pimentão, espinafre, batata-doce, cenoura e abóbora e aumente a ingestão de azeite de oliva extravirgem, que ajuda na absorção dos nutrientes.

Horta Caseira

Uma boa maneira de obter frutas, legumes e verduras orgânicos e saborosos é plantá-los em casa. Tomates, folhas e ervas podem ser cultivados até na varanda dos apartamentos.

Renove o Paladar

Se você come apenas produtos dietéticos  ou industrializados, ficará surpresa com o sabor dos alimentos frescos. Apure o seu paladar com cenouras e manteiga orgânicos, leite e carne de procedência certificada, tratada e manipulada da forma correta. Livre-se dos biscoitos e bolos prontos, salgadinhos, margarina e alimentos com alto teor de gordura, pois todos contêm uma lista extensa de componentes indesejados.

Apetite Adaptado

É possível que, com o tempo, você não aguente mais grandes porções. Aumente a quantidade de exercícios para abrir o apetite: pelo menos 30 minutos diários. Coma alimentos com proteína, vitaminas e minerais, pois as necessidades nutricionais não diminuem com a idade.

Carboidratos do bem

Os carboidratos do bem são os refinados, repletos de fibras e nutrientes, com muito sabor , que nos mantêm saciadas por horas. Se você  for sedentário, consuma seis porções caso se exercite com regularidade. Prefira arroz integral ou parabolizado, aveia, pão e macarrão integral. Um bolo caseiro de limão feito com polenta e pistache é uma boa fonte de carboidrato. Quem está acostumado a comida caseira logo identifica os maus carboidratos pelo sabor ruim: pão branco e borrachudo, massa para pizzas e quiche pesadas, cereais matinais cheios de açúcar, bolos que não estragam nunca. Evite todos eles.

Menos Gordura

Cuide para que a maior parte da gordura que você ingere venha de peixes gordos, abacate, nozes e outras castanhas, azeite de oliva e óleo de linhaça. À medida que envelhecemos, consumir gordura é muito importante, em especial para aquelas que têm pouco apetite ou uma constituição frágil. A gordura acelera a absorção de vitaminas lipossolúveis e de carotenoides, fornece energia e ácidos graxos, aumenta o sabor, principalmente das carnes, e reduz a inflamação em doenças como a artrite reumatoide. A gordura monoinsaturada melhora a saúde das artérias e do coração, pois aumenta o nível do bom colesterol. Ela também diminui o risco de câncer de mama, de acordo com um estudo succo. A gordura “trans” é um óleo hidrogenado para resistir mais tempo nas prateleiras. Além de não ter nutrientes, ela aumenta o risco de doenças cardíacas, de pele e câncer. A gordura trans é usada em alimentos industrializados e nem sempre está identificada. Procure nos rótulos a informação “livre de gordura trans”.

O Açúcar Bom

Para fazer bolos e adoçar bebidas ou alimentos prefira os açucares mais escuros, como o mascavo contém melaço, uma boa fonte de ferro, e é tão doce que basta um pouquinho para adoçar pudins, mingaus e sucos. Se desejar, compre açúcar orgânico e comercializado segundo as regras do comércio justo. O mel é um ótimo adoçante e antioxidante. Alguns estudos demonstram que ele ajuda a prevenir doenças cardíacas e protege contra as cáries.

Evite Adoçantes Artificiais

Muitos adoçantes populares contêm ingredientes nocivos à saúde. Aprende mais sobre o aspartame (E951), que produz metanol, uma toxina que o corpo só consegue processar em quantidades pequenas e que já foi associada a dores de cabeça problemas menstruais. Sacarina (E954) já foi associada ao câncer de bexiga. O acesulfame-K (E420)  também já foi associado ao câncer, ao passo que o sorbitol (E420) e o manitol (E421) têm relação com o inchaço corporal.

Descubra o Açúcar Oculto

É difícil seguir a recomendação da Organização Mundial de Saúde para a ingestão diária de açúcar (não mais de 10%), pois ele aparece de diversas formas em alimentos industrializados. Se alguma das substâncias da página seguinte aparecer na lista de ingredientes ou se o produto contiver mais de uma substância além de açúcar, deixe-o na prateleira:

Provisão de Proteína

Procure ingerir duas porções de proteína por dia, na forma de peixes, carnes, castanhas ou laticínios. Em uma pesquisa sobre a osteoporose, as pessoas que consumiam bastante proteína tinham densidade óssea significativamente maior do que as que ingeriam pouca proteína.

Peixe é Saúde

Os peixes gordos, como o salmão, a sardinha e a cavalinha, são ricos em ácidos graxos ômega-3, que protegem o cérebro, a vista e o coração, podendo inclusive aliviar a depressão e evitar problemas nas articulações. Coma duas porções por semana.

Qual Peixe é Melhor?

Prefira os peixes pequenos, que ficam no fim da cadeia alimentar, como sardinha, arenque e anchova, além do salmão selvagem. Este salmão contém 16 vezes menos PCBs (bifenis policlorados – toxinas neurológicas cancerígenas que se acumulam no corpo) do que os salmões criados em cativeiro, segundo um estudo do Environmental Working Group. Os peixes carnívoros maiores, que ficam no topo da cadeia alimentar, contêm muitos poluentes, inclusive mercúrio, dioxinas e PCBs.

Coma Carne

A carne vermelha é uma excelente fonte de ferro, um mineral que costuma faltar às pessoas mais velhas. Para aumentar sus absorção, sirva a carne com folhas verdes e suco de laranja fresco.

Coma Frango

O frango é uma boa fonte de selênio mineral envolvido na restauração do DNA e que protege contra o câncer; niacina, que ajuda a proteger o cérebro durante o envelhecimento; e vitamina B6, que fornece energia e é benéfica ao coração e aos vasos sanguíneos. Prefira os frangos caipiras alimentados com produtos orgânicos. Para preservar o sabor e a umidade da carne, não remova a pele durante o cozimento.

Proteína Vegetal

Nos últimos anos, vários estudos apontaram os benefícios das proteínas vegetais à nossa saúde. Inclua castanhas, sementes e leguminosas – como o feijão – em sua alimentação diária para proteger-se de doenças cardiovasculares.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!